Funil de Vendas: Descubra o que é e como funciona!

O que é Funil de Vendas? 

O Funil de Vendas, no ambiente empresarial, é um modelo estratégico utilizado para desenhar a fase de negociação, desde a primeira interação do cliente com a marca até o momento da compra.

Esse modelo, foi nomeado assim porque seu formato lembra um funil. Ou seja, é mais largo no topo e vai se estreitando até o fim da jornada. 

Na prática, isso ocorre porque os consumidores em potencial se perdem ao longo do caminho, o que é completamente natural. Afinal nem todos que entram em contato com um anúncio vão comprar o que está em oferta. 

Assim, podemos concluir que o nível do funil, é o mesmo que a etapa em que o cliente se encontra na compra. 

Como funciona o Funil de Vendas?

Agora que você já sabe o que é um funil de vendas, vamos descobrir quais suas etapas de funcionamento. 

1 – Topo de Funil 

Essa fase representa o primeiro contato do cliente com a marca. Também podendo ser reconhecida por “aprendizado e descoberta”.  

Ela se refere ao primeiro contato do consumidor com a empresa. Ou seja, ela marca o início da trajetória até o consumidor que de fato realiza a compra. 


É nesse momento que o consumidor está descobrindo a marca e aprendendo sobre seu produto. Ou seja, ele vai estar fazendo a primeira avaliação para saber se aquilo o interessa ou não. 

Nessa fase, você irá alcançar todo tipo de cliente. A maioria, nem sequer conhecerá sua marca, portanto se trata do primeiro contato do cliente, e é aqui, que oportunidades começam a ser construídas.

2 – Meio de Funil

O meio do Funil de Vendas, pode ser chamado também de fase de interesse e consideração. Afinal, as pessoas que chegam até aqui são aquelas que se mostraram atraídas pelo produto ou serviço. 

Ou seja, estamos falando de um consumidor que está mostrando necessidade daquilo que você oferece. 

Para entender quem está interessado, é importante estabelecer comportamentos de gatilhos e conseguir identificá-los para saber quem se interessou.

Dependendo da empresa, os gatilhos podem ser contatos de mídia social, respostas de marketing por e-mail ou até mesmo engajamento com anúncios do Google.

3 – Fundo do Funil

O Fundo de Funil, é o final da jornada de compras. Essa etapa é a etapa de decisão e ação, pois é aqui que acontece a oferta e o cliente responde se possui ou não interesse em seu produto. 

Nesta fase, é importante agir com estratégia, para garantir que os esforços feitos trarão resultado. Ao chegar nessa etapa, a pessoa já está convencida da relevância do seu produto. Ou seja, ela identificou que você possui uma ferramenta a qual ela precisa.  

Nesse momento, o time de vendas, deve propor uma oferta irrecusável. Ou seja, deve demonstrar que não será uma banalidade, mas sim um investimento. 

Ao ofertar o produto, muitas vezes se utilizam os gatilhos mentais, para incentivar a tomada de decisão pelo consumidor. 

Conclusão

O funil de vendas, é uma das mais importantes ferramentas no marketing. Afinal, ele nos ensina o comportamento do consumidor em relação ao produto.   

Atualmente, ter um funil bem definido e aprender a monitorar seus resultados é muito importante. Afinal, o funil de vendas bem feito, garante que a verba utilizada em anúncios trarão um resultado satisfatório. 

Após entender como funciona um funil de vendas, é muito mais fácil aplicá-lo no dia a dia da sua empresa. 

Claro que, assim como todo tipo de estratégia, necessita de estudo e planejamento. Porém, quanto mais se dedicar à otimização do seu funil de vendas, maiores os resultados em longo prazo. 

Antes de ir...

Entre para Grupo Exclusivo no Whatsapp

Nosso site utiliza cookies para melhorar sua experiência de navegação.